Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 15 - Setembro 2021

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 15 - Setembro 2021

JSD | A ESCOLHA CERTA PARA CONSTRUIR O PRESENTE E PREPARAR O FUTURO DE BAIÃO

JSD

Assistimos, no passado dia 12 de março, à apresentação por Rui Rio do empresário Paulo Portela como escolha do PSD Baião para lidar a equipa às próximas autárquicas de outubro de 2021. O Paulo Portela é reconhecidamente um social-democrata, um trabalhador nato, um aguerrido apaixonado pelo seu concelho de Baião e um lutador preparado para enfrentar as batalhas políticas. É, claramente, o líder certo capaz de chamar a si e reunir uma equipa vencedora, apto para inverter este ciclo de estagnação da governação socialista que em inúmeros pontos tem sido negativa para o desenvolvimento do nosso lindo concelho de Baião.
Atualmente, o interior do país atravessa grandes desafios, nomeadamente a desertificação que é um fenómeno que se faz sentir há décadas, à medida que a população se foi concentrando nos centros urbanos do litoral. A falta de oportunidades de emprego e de perspetivas de desenvolvimento leva os jovens, e não só, a abandonar os locais onde nasceram, acreditando que podem encontrar um futuro melhor fora de Baião.
Temos de aprender com o exemplo de alguns países da União Europeia (UE) no que à criação de apoios diz respeito e adaptar ao nosso território, quer a nível nacional quer a nível local. Longe vai o tempo em que as mulheres portuguesas tinham mais bebés que as francesas. Em 2017, segundo o Banco Mundial, a França era o país mais fértil da UE com uma média de fecundidade de 1,92% e Portugal com apenas 1,36%. Um outro bom exemplo é a Holanda, onde os cuidados de saúde são a chave principal. Neste país há médicos de família para todos e, por isso, a prevenção é constante. Se quisermos falar em novas oportunidades para a economia podemos falar no exemplo da Polónia. Nos anos da crise, entre 2008 a 2014, a Polónia registou uma evolução da produção industrial em cerca de 18% enquanto, que, Portugal registou uma evolução negativa de 13%. Hoje, a Polónia, é uma pequena potência industrial e a economia cresce todos os anos e muito se deve, é certo, ao custo de mão-de-obra mais barato, mas não só. Adotou uma estratégia de reforço da ligação entre a ciência e a tecnologia para criar novas oportunidades de produção.
Adotar e criar planos de apoio ao desenvolvimento à escala local é possível? Claro que é.
Recentemente no podcast da JSD de Baião, o Dr. Paulo Fernandes, presidente da autarquia do
Fundão, explicou a estratégia adotada pelo seu município para se afirmar como um exemplo no desenvolvimento económico e social nas regiões de baixa densidade. E o investimento passa pela Educação, Inovação, Empreendedorismo e Cultura.
No início de 2020, na região norte, eram 22 as autarquias que implementavam planos de apoio
para a fixação de famílias e jovens nos seus territórios. E à semelhança destes municípios,
também, Baião pode contribuir para ajudar Portugal a melhorar os vários índices de
desenvolvimento. Basta existir vontade política! Concluindo, o Paulo Portela, pela sua experiência pessoal e empresarial é a pessoa mais que indicada para liderar os destinos do nosso concelho e devolver a Baião o que tem vindo a perder ao longo destes largos últimos anos: o desenvolvimento. É, com toda a certeza, um líder que fará mais e melhor por Baião.
João Pedro Monteiro
Vogal na Assembleia de Freguesia de Campelo e Ovil
Secretário-geral da JSD de Baião

Comentar notícia:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.